Evento leva música e palestra motivacional a pacientes do Hugo. Paratleta amputado, que venceu o câncer cinco vezes, fala sobre desafios e superação

Na noite desta quarta-feira (20), o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) teve sua rotina transformada. Isso, em razão do evento Superação HUGO, que promoveu momentos de interação entre pacientes internados na unidade de saúde com músicas e palestra motivacional. O paratleta João Carlos Costa, conhecido por João Saci, venceu o câncer cinco vezes (2001, 2006, 2009, 2010, 2016). O primeiro deles foi um tumor no joelho esquerdo, descoberto aos 17 anos. No auge de sua adolescência, se viu diante da necessidade de amputar a perna. Depois da amputação, se tornou paratleta profissional de natação.

Chegou a ser campeão brasileiro e, quando se preparava para as Paraolimpíadas de Atenas, aos 22 anos, no entanto, um exame de rotina acusou 12 nódulos no pulmão esquerdo. Foi necessário, então, retirar metade do órgão e passar por um transplante de medula, para diminuir as chances do tumor reincidir. Mesmo assim, aos 26, aos 27 e aos 33 anos enfrentou batalhas contra o câncer novamente. Todas essas dificuldades serviram como motivação para vencer uma a uma. E, hoje, aos 35 anos, João Saci é competidor de crossfit, palestrante motivacional e lançou o livro Nascido para Vencer, em fevereiro deste ano, em Porto Alegre (RS).

Dono de uma história de vida marcada pela superação, João Saci foi convidado para ministrar uma palestra para os pacientes do Hugo, que também enfrentam momentos difíceis, seja por amputação decorrente de um acidente de trânsito ou pelo período de internação. Por se tratar de um hospital de urgências, a unidade de saúde recebe pacientes que, repentinamente, têm sua rotina alterada e precisam aceitar e se adaptar à nova realidade física. Nessas situações, o lado psicológico tem que ser tratado, assim como o ferimento.

Para isso, a instituição dispõe de um setor de Psicologia Hospitalar, que faz um trabalho contínuo junto aos pacientes, inclusive com assistência ambulatorial. O evento Superação HUGO, portanto, é uma ferramenta extra na constante busca para melhorar a assistência, que vai muito além do cuidar da doença. Por isso, a ação também teve a participação do Ministério Alfa Ômega, formado há 16 anos. Pesquisas comprovam que música em ambiente hospitalar tem o poder de amenizar a rotina, proporcionar conforto, reduzir ansiedade e o uso de medicamentos e, por consequência, melhorar a qualidade no tratamento.

O evento foi pensado para tornar o espaço mais acolhedor, a fim de que pacientes ganhem motivação para enfrentar as dificuldades, bem como acompanhantes e colaboradores, que auxiliam no processo assistencial do maior hospital de urgências do estado. O Hugo tem 407 leitos de internação e é um hospital com atendimento 100% SUS, voltado para casos de alta e média complexidade. Somente nos dois primeiros meses de 2019, realizou mais de 2500 procedimentos cirúrgicos, ultrapassou a marca de 4200 pessoas assistidas na Emergência e outras 6 mil, em consultas ambulatoriais.

Assessoria de Comunicação HUGO – Instituto Haver

Goiânia, 21 de março de 2019