DIRETORIA

  • Dr. Ricardo Furtado Mendonça

    Diretor Geral

    e-mail: dirgeral@hugo-go.org.br

    (62) 3201-4420

  • Dr. Romeu Sussumu Kuabara

    Diretor Técnico

    e-mail: dirtecnico@hugo-go.org.br

    (62) 3201-4399

Conheça o HUGO

A Divisão de Desenvolvimento de Recursos Humanos (DDRH) do Hugo desenvolve vários projetos, com objetivo de humanizar e qualificar o atendimento médico oferecido na unidade. Além da assistência em saúde, o hospital também se preocupa com os aspectos sociais e emocionais dos pacientes internados em suas dependências.

Trata-se de uma parceria com a Secretaria de Educação do Estado de Goiás, que tem por objetivo possibilitar à criança, ao adolescente e ao adulto iniciarem ou dar continuidade à sua escolaridade, estimulando seu desejo de aprender, de se recuperar e de se curar, contribuindo para diminuir a repetência e a evasão escolar, durante a internação do paciente. O projeto é realizado de segunda a sexta-feira, nas Enfermarias, e conta com o acompanhamento de uma pedagoga especializada em atendimento pedagógico hospitalar.

Realizado pela Liga Acadêmica do Riso (Lar), em parceria com a Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) e com os Terapeutas da Alegria, o projeto leva alegria a pacientes, familiares e funcionários do hospital, propiciando o alívio da tensão e reduzindo a dor física e emocional. A Liga é formada por acadêmicos de diversos cursos, que se fantasiam e se dividem em grupos de cinco pessoas. Eles visitam pacientes das Enfermarias das Clínicas Médica, Cirúrgica e Traumatologia, quinzenalmente, às sextas-feiras, das 13h às 16h. Já os Terapeutas da Alegria visitam o Hugo semanalmente, todas as segundas-feiras.

Fruto de diversas parcerias, a iniciativa tem por objetivo propiciar a melhoria da qualidade de vida por meio da música, estimulando as ações físicas senso-perceptivas, psicológicas e sociais dos usuários e colaboradores. Um voluntário apresenta voz e violão nas Enfermarias da unidade, às terças e quintas-feiras, semanalmente. O coral da Igreja Presbiteriana se apresenta mensalmente, à noite. Já a orquestra de violeiros se apresenta mensalmente, durante o dia, nas Enfermarias e na Recepção Social.

Realizado a partir de uma parceria com um grupo de cabeleireiros que prestam serviços voluntários no hospital, tem como objetivo promover a satisfação pelo cuidado com a imagem, o que resulta e melhoria do bem-estar e do estado de humor, além de reduzir o estresse do paciente internado. Os cortes de cabelo masculino e feminino são oferecidos semanalmente, às segundas e quintas-feiras, nas Enfermarias.

Realizado por um grupo de voluntários que prestam serviços de caráter filantrópico, atua em duas frentes. Uma consiste na visitação hospitalar, que busca professar a fé, resultando em ações positivas, em prol do paciente, familiares e acompanhantes. A outra consiste em um curso básico de visitante hospitalar, ministrado por um mestre em Teologia, para capacitar os voluntários espirituais para a prática da capelania hospitalar no Hugo, conforme a ética e as normas institucionais. De segunda à sexta feira, no período vespertino, subgrupos de até cinco pessoas visitam as enfermarias.

Trata-se de uma parceria com a editora Kelps, que doa livros mensalmente ao Hugo. As obras de escritores goianos vão desde o estilo da literatura clássica, até a infantil. Os pacientes e acompanhantes são presenteados com livros, já que a prática da leitura favorece a recuperação e propicia entretenimento, aprendizagem e diminuição do estado de ansiedade.

Implantado em 1997, foi criado com o objetivo de capacitar os servidores, tanto na área técnica como administrativa. A iniciativa já possibilitou cursos e treinamentos em parceria com a Escola de Governo, Corpo de Bombeiros e outros, buscando continuamente a melhoria de conhecimento prático e teórico. O intuito é o de melhorar o atendimento ao usuário de maneira efetiva e humanizada, promovendo maior satisfação do trabalhador no desempenho de suas funções, a adaptação a novas situações, o melhor rendimento dos serviços prestados, a promoção de mudanças de comportamento com potencial crítico criativo e a elevação do nível de assistência, desenvolvendo tecnologias próprias da área de saúde.

A iniciativa oferece tratamento odontológico humanizado ao paciente, melhorando sua qualidade de vida. Algumas vantagens do serviço são: redução do risco de se contrair e agravar quadros infecciosos; redução do tempo de internação; redução da quantidade de exames complementares; redução dos custos hospitalares; racionalização do uso de antibióticos e outras medicações; aplicação correta dos recursos (humanos, materiais e equipamentos) da unidade aos pacientes internados e aos procedimentos de média e alta complexidade.

0
Leitos de UTI
0
Leitos – Internação Clínica Médica
0
Leitos – Internação Clínica Cirúrgica
0
Leitos de Traumatologia
0
Leitos no Total